Como fazer avaliação de Riscos e Oportunidades na sua Gestão em SSO
×

Como implementar o Módulo PRSSO para avaliação de riscos e oportunidades?

Nenhum indivíduo é capaz de levar uma vida tranquila e plena se não gozar de boa saúde, e esta máxima vale principalmente para o ambiente de trabalho, local onde a maioria de nós passamos parte considerável do nosso dia.

Por isso, é essencial que toda empresa adote um sistema de gestão da saúde e segurança ocupacional, não apenas para cumprir a legislação vigente, mas também para proporcionar o melhor ambiente a seus colaboradores. Lembrando também que a segurança e a proteção à saúde do trabalhador são direitos fundamentais previstos em nossa Constituição.

Veja como implementar um sistema de gestão para identificação de Perigos e Riscos à Saúde e Segurança Ocupacional (PRSSO).

Crie uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA)

Pela lei, a CIPA se faz necessária em empresas que tenham mais de 20 funcionários ou que exerçam atividades perigosas. Em todo caso, é sempre interessante contar com a ajuda dessa comissão, que estará atenta quanto à segurança e saúde de todos os colaboradores e poderá auxiliar na realização de eventos pontuais para informar sobre a importância da prevenção de acidentes e cuidados com a saúde.

Em caso de dúvidas sobre como implementar o modelo, busque a NR5, norma responsável por reger a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes ou faça um curso online através da plataforma EAD da Verde Ghaia.

Envolva todos os funcionários

um bom sistema de gestão da SSO só funciona se houver envolvimento de 100% dos trabalhadores da organização. A prevenção de acidentes é uma responsabilidade de todos.

O excesso de confiança, a negligência, a imprudência e a imperícia estão entre as maiores causas de acidentes no trabalho. Quer um exemplo? Quando passar diante de algum canteiro de obras na sua cidade, experimente observar os operários que ali estão trabalhando.

Todos usam EPI? Aqueles que estão no alto da obra estão presos por cintos ou cordas? Uma breve busca no Google nos mostra que quedas de trabalhadores de grandes altitudes não são nada incomuns. E muitas vezes os acidentes ocorrem devido ao excesso de confiança, porque muitos operários simplesmente confiam que jamais vão cair.

Forneça condições adequadas

não basta conscientizar suas equipes se a empresa não fornecer condições adequadas para o cumprimento de todas as normas de segurança. Sempre forneça EPIs e EPCs em estado adequado, e tome algumas medidas rotineiras, como a análise das condições físicas dos ambientes laborais, estudos de ergonomia, a identificação e mitigação de perigos e riscos etc.

Atenção à legislação vigente

Quanto mais NRs o sistema de gestão de SSO atender, mais completo ele será. E os prazos legais devem ser cumpridos à risca, até mesmo para evitar multas e custos desnecessários.

Módulo PRSSO do SoGI

O Módulo PRSSO (Perigos e Riscos da Saúde e Segurança Ocupacional) do SoGI foi desenvolvido pela Verde Ghaia para auxiliar na identificação, avaliação e monitoramento de quaisquer perigos e riscos de acidentes, incidentes e doenças ocupacionais,  sejam eles físicos, psíquicos ou emocionais — e sempre levando em conta o contexto de cada organização.

É um sistema que permite o registro e a avaliação da matriz de perigos e riscos, identificando os principais riscos e avaliando a significância dos perigos e de seus controles operacionais, e a partir daí criando e gerenciando planos de ação voltados para cumprir todas as exigências práticas e legais para assegurar a saúde de seus colaboradores.

Conheça alguns diferenciais do Módulo PRSSO

  • Identificação dos riscos e oportunidades dos perigos e riscos da segurança no trabalho (relacionados a cada atividade), bem como a probabilidade, severidade e frequência de cada um;
  • Avaliação automática, plano de controle de revisões, planos de ação integrados à legislação aplicável à empresa;
  • Avaliação da perspectiva do ciclo de vida dos seus perigos;
  • Interface para visualização de melhorias tais como aumento de produtividade, alterações de processos, produto ou serviços, uso eficiente de EPIs, comunicação interna, programas de conscientização e mais;
  • Separação do maior número possível de riscos gerados (reais e potenciais; benéficos e adversos) decorrentes de cada perigo identificado, e sempre levando em conta se são significativos;
  • Geração automática de relatórios e gráficos gerenciais;
  • Envio automático de e-mails com o status dos planos de ação;
  • Visualização dos requisitos legais para cada perigo identificado, com acesso às evidências e ações de cada caso;

Conclusão

Quando colaboradores gozam de boa saúde e se sentem seguros em seu ambiente laboral, eles certamente trabalham mais felizes (e produzem mais). Além disso, uma empresa atenta à SSO sempre estará em conformidade e apresentará condições mais favoráveis para conquistar os selos ISO referentes à segurança e à saúde ocupacional.

Enfim, um bom sistema de gestão de SSO só traz benefícios para e organização, gerando redução de custos, retenção de talentos e valorizando um bem importantíssimo que é o capital humano. Não se esqueça: funcionários saudáveis, empresa saudável.


Agende seu horário com um dos nossos consultores e conheça as funcionalidades do Módulo PRSSO na prática.

agendar horário com um consultor da Verde Ghaia para conhecer as funcionalidades do SOGI na prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *