Integração dos sistemas de gestão: o futuro das organizações
×

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

A gestão integrada tem trazido muitos benefícios para as empresas, entre eles uma maior facilidade em alguns aspectos práticos das suas rotinas, como uma melhor administração da economia, especialmente na diminuição dos custos.

Além disso, ela também reduz os processos burocráticos e proporciona um aumento da eficácia e eficiência nas rotinas, assim como uma equipe mais engajada e comprometida em relação à busca dos resultados, entre outras coisas.

Mas, antes de falarmos sobre a integração dos sistemas de Gestão Integrada – SGI, precisamos entender um pouco sobre a Gestão Integrada em si e o que ela representa, de um modo geral.

Sistema de Gestão Integrada (SGI) – o que é?

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

O Sistema de Gestão Integrada consiste em um processo administrativo que torna possível a visão completa da organização pelo gestor.

É por meio dela que os processos são integrados, ou seja, passam a ser trabalhados em conjunto, obtendo resultados cada vez mais satisfatórios pela instituição que optou por utilizá-lo. No SGI os processos de gestão ambiental, segurança, qualidade, responsabilidade social e saúde ocupacional são trabalhados juntos, em todos os níveis da empresa.

Leia mais sobre esse processo de integração dos sistemas no post: A Matemática da Integração, escrita por Deivison Pedroza, Ceo do Grupo Verde Ghaia

Com a adoção do SGI as organizações passam a trabalhar estrategicamente algumas questões relacionadas à segurança e ao meio ambiente, por exemplo, conseguindo um significativo impacto em relação à maneira como atingem os seus objetivos.

Entendendo o contexto do mercado atual

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

Em um mundo globalizado, onde há livre concorrência no mercado e o público se torna cada vez mais exigente, as empresas precisam pensar estrategicamente e agir conforme esse novo cenário.

Não é possível se manter com foco apenas em vendas, mas agregar valor e manter uma excelente relação com o cliente interno e externo, transformando o ambiente organizacional e todo o contexto onde a empresa está inserida em um espaço para ações benéficas à sociedade, de um modo geral.

A economia, antes colocada no topo das prioridades, hoje divide lugar com as questões sociais e ambientais, aumentando assim a competitividade da empresa e a colocando em uma posição favorável em relação ao público.

Você compraria um produto ou serviço cuja empresa não se preocupa com o meio ambiente ou se mantém alheia às questões sociais? Se o cliente não consegue se manter alheio a questões que dizem respeito a todos, a organização também não pode ignorá-las.

Inclusive, as organizações possuem uma responsabilidade um tanto maior, já que são elas que se utilizam de matéria-prima, mão de obra, processos de fabricação, tecnologia e muitos outros para manter a sua produção.

Entendendo melhor o SGI

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

O Sistema de Gestão Integrada tem um papel fundamental: unificar os processos, tornando mais eficiente a implantação das políticas, objetivos, práticas e processos de maneira que os resultados acontecem muito satisfatoriamente do que quando essas áreas tão trabalhadas individualmente.

Um modelo de gestão completo surge a partir do Sistema de Gestão Integrada, permitindo inclusive que a empresa possa obter toda a certificação dos diferentes sistemas por meio de uma púnica auditoria.

Ou seja: é possível que a organização atenda de uma só vez a todas as exigências e obtenha apenas um sistema de gestão integrada.

No que se diz respeito às auditorias tanto internas como de certificação, há uma grande vantagem. Apenas uma auditoria combinada passa a reduzir o número de auditorias individuais.

Resultado: os negócios e operações passam a não ser mais tão interrompidos pela mobilização dos auditores internos e contratados.

A economia do seu negócio fica em segundo plano?

Café Conectado Verde Ghaia – Sistema de Gestão Integrada

Como falamos anteriormente, no mundo globalizado e com os clientes cada vez mais bem informados, a organização precisou parar de pensar apenas no processo de vendas e a pensar mais estrategicamente para manter a competitividade. Isso fez com que ela colocasse em primeiro plano ações estratégicas voltadas para a saúde, o meio ambiente, a as questões sociais, por exemplo. Mas, e a economia que antes era prioridade, ficou mesmo na prateleira?

Não, de forma alguma. Focar nos outros processos faz justamente com que a economia da empresa se mantenha aquecida, de maneira a reduzir os custos e obter um ótimo retorno financeiro.

Entenda a ISO 14001

Para falar sobre o Sistema de Gestão Integrada é imprescindível que a ISO 14001 também seja compreendida. Porém, antes de entendê-la é preciso falar um pouco sobre uma outra norma: a ISO 14000.

O que é a ABNT NBR ISO 14000?

Trata-se de normas específicas que descrevem os pré-requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) e, a partir desse sistema, é desenvolvido nas organizações uma estrutura para a proteção do meio ambiente.

Esse sistema visa também oferecer respostas rápidas às mudanças e problemas relacionados às condições ambientais.

ISO 14001 – compreendendo o Sistema de Gestão Ambiental

Com a ISO 14001 surge uma nova linha de pensamento (que condiz muito mais com os dias atuais).

E é a partir da compreensão de que a sustentabilidade não se faz apenas com uma estratégia de viés unicamente ecológico que o SGA passa a trabalhar uma forma estratégica, que visa o desenvolvimento sustentável das organizações.

A ISO 14001 agrega um valor muito mais significante para que as empresas ganhem a certificação devida. Ela tem foco no envolvimento social e o cumprimento da legislação ambiental vigente.

Saiba como o SOGI pode ajudar no processo de integração, evitando quaisquer contratempo!

Dificuldades da integração dos sistemas

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

Embora a integração de processos, especialmente com a inclusão do Sistema de Gestão Ambiental, pareça algo simples e que consiste apenas em aspectos positivos, há alguns pontos que podem trazer conflitos e precisam ser solucionados.

Se uma organização já possui certificação em um sistema de gestão da qualidade, vale observar que ela já trabalha isoladamente a qualidade de seus produtos e os diferentes impactos que eles têm sobre a sociedade e o meio ambiente.

De um modo geral, esses pontos estão sob a responsabilidade de profissionais de diferentes áreas, o que limita a visão mais ampla em relação aos processos, embora ela seja mais eficiente dentro da sua área específica.

O papel do gestor nesse momento é fundamental, afinal é ele o responsável para solucionar conflitos e lidar com as situações adversas envolvendo a equipe de trabalho.

Como promover a facilidade na integração do SGA e SGI?

O ponto de partida é observar o que ambos têm em comum. De um modo geral, os dois são similares em seus elementos estruturais, tendo a necessidade de desenvolver uma política específica para a sua implantação e efetivação.

Ambos possuem metas e objetivos a serem cumpridos, medição de resultados, planejamento, fase de implementação e operacional. Além disso, em ambos há um monitoramento das metas, além das ações preventivas e também corretivas.

Com um olhar mais aprofundado e mais sensibilidade para perceber as afinidades ao invés das diferenças, o gestor perceberá que é possível alinhar os dois sistemas a partir das suas particularidades.

Enquanto o SGA trabalha com a finalidade de melhorar o processo de eliminação de impactos, o SGQ visa a satisfação dos clientes. Ambos favorecem a agregação de valor dos produtos e da organização, de um modo geral.

Entenda a importância da implantação de um SGA

Hoje a implantação de um sistema de gestão ambiental é primordial para a sobrevivência da empresa e sua competitividade.

A maneira como as empresas lidam com isso já se tornou cotidiano, incluindo inclusive as pequenas e médias, pois é geral a consciência de que todas as ações possuem impactos globais e ambientais.

Vale ressaltar que o ISO 14001 é exigido em diferentes países, o que influencia a importação e exportação de produtos. Se uma empresa brasileira não possui esse certificado, seus produtos correm o risco de não ultrapassarem os limites das terras brasileiras.

Por fim, é importante levar em consideração um dos principais pontos ligados à sobrevivência da empresa: a aprovação social.

As pessoas apostam em produtos oriundos de empresas que visam o bem-estar social e ambiental. Elas sabem que os impactos das ações do homem e das organizações têm influência sobre o presente e o futuro da humanidade, refletindo direta e indiretamente nas próximas gerações.

Integração dos sistemas de gestão: o futuro das organizações

Por que fazer Integração dos sistemas de Gestão (SGI)?

A partir de todos os pontos aqui abordados sobre a integração dos sistemas de gestão integrada, é importante observar que, com todos os danos causados ao meio ambiente até os dias de hoje, trabalhar a sustentabilidade, embora seja uma estratégia de competitividade, é também uma questão de consciência.

O planeta vem passando por drásticas transformações e o impacto industrial é de grandes proporções. Se a integração dos sistemas de gestão integrada é fundamental para a sobrevivência da empresa, ela é vital para o futuro da humanidade.

Gostou do texto? Deixe seu comentário! Será muito bom poder contar com seu ponto de vista em nosso espaço.

Grupo Verde Ghaia – SOGI Sistema Online de Gestão Integrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *