SOGI: Case de Sucesso de uma indústria de bebidas

Um cliente da Verde Ghaia escreveu um artigo sobre a importância da utilização de um Software de Gestão Integrada no monitoramento dos requisitos legais. Esse artigo vai te ajudar e entender como solucionar alguns problemas de monitoramento e sanas algumas dúvidas sobre a melhor forma de monitorar a legislação aplicável ao seu negócio. Não deixe essa oportunidade de melhoria passar despercebida!

Leia este estudo de caso e fique por dentro.

 

SOGi: estudo de caso e Case de Sucesso

Para a realização da pesquisa aplicou-se o método de estudo de caso, Fachin (2001, p. 43) assinala que a “sua principal função é a explicação das coisas (fatos) que ocorrem no contexto social”.  O estudo de caso ocorreu numa indústria de bebidas, através da explicação pelo autor sobre a aplicação e importância do Software de Gestão Integrada SOGI, e análise do mesmo a partir do referencial teórico com foco na gestão para realização do controle de informações sobre o atendimento dos requisitos legais e dos requisitos aplicáveis nas áreas que compõem a gestão integrada – Qualidade, Meio Ambiente, Segurança, Saúde Ocupacional e Responsabilidade Social.

Os autores realizaram o estudo do SOGI no período de outubro de 2009 a maio de 2010, através da prática frequente. Também foram adquiridas informações sobre o software no site da empresa fornecedora Verde Gaia Sustentabilidade Empresarial e a relevância do Software de Gestão Integrada – SOGI em uma indústria de bebidas. Primeiramente apresenta-se o histórico da indústria de bebidas, em seguida as informações sobre a aplicabilidade do Software de Gestão Integrada – SOGI, com a exposição da análise do software confrontando-se ao referencial teórico.

A indústria de bebidas: Uso do SOGI

A obtenção dos dados para este item foi realizada através de Femsa (2010). As atividades iniciaram em 1890 na cidade de Monterrey no México, porém foi no ano de 2006 que ela se consolidou no mercado brasileiro, onde houve uma maior ênfase no portfólio de bebidas buscando a satisfação dos clientes. Nesta época houve a mudança da cultura organizacional e posteriormente a implantação do Sistema de Gestão Integrado. Para a gestão e controle de informações para tomada de decisões em âmbito legal a indústria de bebidas utiliza-se de um Software de de Gestão Integrada – SOGI, fornecido pela empresa Verde Gaia Sustentabilidade Empresarial.

O Software de Gestão Integrada – SOGI

O Software de Gestão Integrada – SOGI é um software que foi desenvolvido em plataforma WEB, com foco na gestão para realização do controle de informações sobre o atendimento aos requisitos legais e requisitos aplicáveis nas áreas que compõem a gestão integrada – qualidade, meio ambiente, responsabilidade social, segurança e saúde ocupacional e outros. Em suma, o SOGI é um sistema que possibilita a interação entre essas áreas, o que facilita a gestão integrada, e assim consegue justificar um dos propósitos iniciais deste artigo.

O sistema possui grande agilidade no processamento de dados e também um baixo custo, fato este que o torna acessível para a maioria das empresas, independente de seu porte ser pequeno, médio ou grande. O seu diferencial consiste em oferecer metodologias próprias para o gerenciamento de Requisitos Legais Aplicáveis; Aspectos e Impactos Ambientais; Perigos e Danos de Segurança e Saúde Ocupacional; Controle de Não Conformidades e Auditorias da Conformidade Legal.

Robles Jr. (2008, p.1) assinala a importância da integração de sistemas de gestão: “Em mercados competitivos se entende como prioritário implantar e controlar sistemas de qualidade, meio ambiente, e também de segurança e saúde ocupacional”. Assim como destaca o autor, o SOGI integra e vincula requisitos (figura 1), as áreas relacionadas a gestão integrada.

Com a quantidade expressiva de legislações que vigoram no Brasil, envolvendo as várias áreas da gestão integrada, o sistema dispõe de uma Lista Interna de Requisitos (LIRA), facilitando o gerenciamento efetivo das leis, decretos, portarias e normas. Diante deste módulo, é possível ter uma visualização completa dos requisitos aplicáveis e das evidências objetivas identificadas. Além disso, ela apresenta abreviaturas para cada uma das áreas abrangidas: Meio Ambiente (MA), Segurança e Saúde Ocupacional (SSO), Responsabilidade Social (RS), Qualidade (QL), Lira NR (Normas Regulamentadoras), Lira Outros Requisitos e Lira NBR (Lista de NBR’s com ementários).

Fato este que facilita ao gestor identificar quais as áreas que um determinado requisito se aplica, se este possui ação vencida, pendente, e monitorada, ou se o requisito é novo, não foi validado, entre outros. A partir deste momento o gestor pode tomar uma decisão estratégica e garantir o atendimento do requisito, seja este legal ou aplicável.

Simplicidades que as empresas buscam para a sua Gestão

Administrar hoje significa enfrentar inúmeros desafios, resolver problemas, desenvolver pessoas, melhorar processos de forma contínua, gerando resultados positivos e agregando valor à marca e à organização. Assim, o SOGI possui uma classificação de legendas por cores (figura 2), identificando a situação das ações de cada requisito facilitando o gerenciamento da legislação e outros requisitos. Como afirmado por Seiffert (2008, p. 16), a importância da implantação de um sistema de gestão integrada: “surge da necessidade concreta de as organizações responderem prontamente ao surgimento de novos paradigmas sociais relacionados a um mercado globalizado, cada vez mais consciente e exigente.”

Desta maneira o módulo LIRA facilita o atendimento a legislação, definindo se esta é real ou potencial, onde o gestor pode evidenciar o seu cumprimento ao quesito por meio de comentário e evidência objetiva, e desta maneira poder garantir o atendimento da mesma. Nesta abordagem, apresentou-se a aplicação do LIRA, onde a disposição dos requisitos legais e requisitos aplicáveis, confirma a hipótese do presente estudo, e verifica que a utilização do sistema evita que a empresa tenha custos desnecessários, provindos de infrações relacionadas ao não atendimento da legislação vigente, já que o SOGI oferece ao gestor uma atualização de
leis, decretos, portarias e normas, mensalmente através de cartas de atualização, as quais são disponibilizadas no sistema, e transmitidas aos gestores via e-mail para informar que estão disponíveis no banco de dados do software, aguardando a validação.

 

Além das cartas de atualização, a cada validação de um novo requisito é possível monitora-los através da legenda por cores (figura 2). Portanto, quando o gestor possui uma disciplina diária ou pelo menos semanal de abastecimento ou validação de quesitos, o LIRA pode se tornar a ferramenta mais eficiente para a gestão das informações referentes ao sistema de gestão integrada. Para tal, fica viável até a realização de auditorias do sistema de gestão, onde a partir do SOGI, se pode avaliar o desempenho da organização como um todo, sendo possível analisar individualmente cada área que compõem o SGI.

Cada novo requisito permite ao gestor uma análise de verificação e, caso este seja aplicável à empresa, o sistema ainda traz uma sessão de comentários, onde é possível acrescentar fatos relevantes para cada requisito, onde estes, após sua disposição, podem ser avaliados por outras áreas na organização que utilizam o mesmo sistema.

Diante desta abordagem realizada acerca do Software de Gestão Integrada, analisa-se que o SOGI é simples de operar, bem como fácil de acessar, por se tratar de um sistema em plataforma WEB. Assim, sendo flexível ao modelo de organização e área em que atua, além de ter possibilidade para atingir os objetivos da organização, com baixo custo e fornecer mecanismos necessários para a manutenção do Sistema de Gestão Integrada, onde se é possível validar o bom desempenho da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança, Saúde Ocupacional e Responsabilidade Social.

Case de Sucesso: conclusões finais sobre o SOGI

Em relação à análise da aplicabilidade do sistema, o SOGI é uma ferramenta eficaz, de fácil operação e integração. Já que pode ser utilizado em qualquer organização, independente se esta é de pequeno, médio ou grande porte. Como é o caso da empresa em estudo, que utiliza o SOGI para gestão das informações referentes aos requisitos legais e requisitos aplicáveis, garantindo, através da tomada de decisões, o atendimento a legislação e mantendo o controle de atualização da mesma. Através da comparação entre literatura e sistema notou-se que o programa atende as premissas de um  Sistema Integrado de Gestão e correspondente a funcionalidade de auxiliar os gestores no processo decisório, perante as normas, leis, decretos e portarias.

Por meio da análise do SOGI, constatou-se que o software agrega benefícios para a empresa e gestores, dentre eles estão a facilidade de acesso e aplicabilidade, por se tratar de sistema em plataforma WEB; bem como a disciplina e melhoria da gestão das informações, visto que o sistema é flexível e opera em vários tipos de servidores.

Conclui-se, que se a empresa em estudo optasse por não utilizar o Software de Gestão Integrada, demandaria mais tempo e dinheiro para a verificação da legislação aplicável e das evidências objetivas identificadas, podendo ser autuada por algum tipo de infração e ter muitos custos desnecessários. Sendo assim, é importante utilizar o SOGI, porque este software em plataforma WEB, é uma ferramenta adequada de gestão para a realização do controle e atualização da legislação aplicável nas organizações.

 

Autores:

Cristiano Antonio dos Santos Silva
(Faculdades Santa Amélia)
cristiano.v8@hotmail.com

Rosa Cristina Hoffmann
(Faculdades Santa Amélia)
profrosa.secal@gmail.com

 

 

 

Compartilhe:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!